Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

X-Acto

Os x e os actos e algumas coisas de cortar os pulsos



Quinta-feira, 03.07.14

Graffiti no BCE como frescos no Vaticano

As imagens não são novas, mas só hoje me cruzei com elas ao pesquisar sobre bancos.

Encontrei esta selecção absolutamente maravilhosa de graffitis no mural que contorna o local da nova sede do Banco Central Europeu, em Frankfurt.

Estes trabalhos ilustram um tempo - o nosso, e devem ser preservados como peças da nossa História que são.

Vénia ao BCE e à inteligência dos seus decisores. Tudo começou com o pedido de um artista de intervenção social, Stefan Mohr, para graffitar a vedação em torno da construção da nova sede. O BCE não só disse que sim, como disponibilizou 10 mil euros para a compra de painéis de madeira que foram afixados à vedação e sprays de tinta. Se te dão limões ...

A Stefan Mohr juntaram-se muitos outros, e o resultado é este que podem ver aqui.

Igualmente curioso foi o interesse demonstrado por bancos, banqueiros e gestores financeiros em comprar algumas destas peças. Ironia? Redenção? Suprema arrogância?

 

Um dos graffiti foi mesmo comprado por um multimilionário, mas dos computadores. Michael Dell levou para casa uma obra que evoca  Mario Draghi e Angela Merkel. Como 007 e Bond girl, respectivamente.

Quem disse que não há humor em toda esta espiral recessiva? Claro que há.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sparks às 00:40



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Mensagens