Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

X-Acto

Os x e os actos e algumas coisas de cortar os pulsos



Segunda-feira, 10.02.14

To be indie or not to be

Ouvi a noticia em tempo real. Da cozinha, entre os tachos do almoço, chegou-me o sobressalto na voz de um dos meus teenagers. "Não vais acreditar no que aconteceu". Chego à sala com cara de ponto de interrogação e percebo que não é nada comigo. Ou melhor, isto é com "eles", os meus filhos. Não era para mim, nem esperam sequer captar a minha atenção (o que é raro). O que ainda me faz ficar mais curiosa. Oiço a minha filha a ler: "I am sorry 'Flappy Bird' users, 22 hours from now, I will take 'Flappy Bird' down. I cannot take this anymore." "It is not anything related to legal issues. I just cannot keep it anymore." Ah, ok. É o tal jogo que passam a vida a jogar. Ah, ok estou fora disto porque é das poucas coisas em que não nos contaminamos. Gaming. Esta mãe é hopeless. Falta-lhe destreza de polegares para as consolas e se a evolução da Humanidade passar de novo por aí está em rota de colisão com o evolucionismo. Mas a noticia interessa-me. Como não? Um jogo que todos jogam e o criador diz adeus ó vou-me embora? Em duas semanas estava a ganhar 50 mil dólares. Por dia. Hmmmm. O vietnamita Dong Nguyen diz que quer continuar a ser indie. Não quer ribaltas, não quer atenções, não quer 50 mil dólares por dia. Se for verdade, interessa-me este rapaz em contramão. Os cínicos já disseram LOL. Algum dia?, atiram. O tipo fez foi alguma asneira da grossa ( tipo - teen inside information - ter manipulado os tops dos jogos). Aqui a totó da gaming-excluída vai ficar a pensar no assunto. "Flappy Bird' Creator Says He's Shutting The Game Down, Putting Us All Out Of Our Misery"

Autoria e outros dados (tags, etc)

por sparks às 00:03



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Mensagens